AJUDAaluguelCOMPRAcovid-19

7 dicas para mudar de casa em 2021

Apesar dos contratempos, 2021 tende a ser um bom ano para realizar uma mudança de casa, especialmente para quem deseja compartilhar uma residência com mais pessoas e, consequentemente, diminuir as despesas mensais.

Com a procura por imóveis continuado em alta, a projeção é que o mercado continue aquecido e trazendo diversas oportunidades para quem deseja mudar de casa em 2021.

Dicas para acertar na mudança de casa em 2021

Para que você e sua família não sofram muito nesse período de transição necessário, é hora de entender a importância da organização da mudança para o seu novo lar.

1. Planeje os dias para a mudança

A atividade de se mudar demanda um bom planejamento, pois você terá de lidar com algumas responsabilidades na casa antiga e na residência nova. O ideal é tirar alguns dias de folga no trabalho para estar pronto para fazer a mudança no dia marcado.

O ato de planejar uma mudança deve considerar todos os aspectos ligados a essa atividade, como quantos dias deverão ser utilizados, a necessidade de contratação de empresa, o contato com o novo e o antigo síndico, entre outras medidas.

Considere que, ao sair de sua atual moradia, pode ser que alguns cuidados tenham de ser tomados, como pequenas reformas; desligamento de luz, água, telefone e internet; entrega de chaves e demais itens necessários.

2. Jogue fora aquilo que não quer mais

A mudança é uma oportunidade única para avaliar quais são os itens realmente necessários e aqueles que estão na casa apenas porque você não tem coragem de se livrar.

Uma dica de organização muito pertinente na hora de fazer uma mudança é descartar as coisas que você e sua família já não utilizam mais. É comum a acumulação de itens desnecessários ao longo do tempo. A mudança é o momento perfeito para deixar tudo isso para trás.

Separe todas as coisas que ainda podem ser utilizadas e faça doações para amigos, vizinhos ou instituições de caridade. Não tenha medo de jogar aquilo que está quebrado no lixo. Avalie a possibilidade de fazer um bazar, o qual poderá ter o lucro revertido para cobrir algumas despesas da mudança.

3. Contrate um serviço de transporte

Algumas pessoas gostam de empacotar suas próprias coisas e catalogar tudo de acordo com suas características. No entanto, o ideal, para a maioria, é optar pela contratação de uma empresa responsável por embalar e transportar a mudança.

Existem diversas opções de fornecedores desse tipo de serviço no mercado. Para escolher o melhor, você deve pesquisar referências e analisar os serviços prestados pela empresa, como desmontagem de móveis, embalagem de itens, transporte, entre outros.

4. Esteja por dentro das regras do condomínio

Pode ser que você tenha escolhido uma casa em um condomínio ou apartamento. Nesse caso, é necessário atentar-se às regras impostas pelo estatuto com relação à mudança.

Em alguns condomínios, existem horários determinados para que você possa mudar-se. Outros, por exemplo, não lidam bem com o barulho e determinam como obrigatória a presença do síndico no momento da mudança. Fique atento a todas essas especificidades para evitar conflitos antes mesmo de se instalar em seu novo lar.

5. Cuide da higiene e segurança

Os hábitos de higiene e segurança adquiridos durante a pandemia de Covid-19 vieram para ficar, inclusive porque uma vacinação completa do país ainda deve demorar. Sendo assim, as mesmas regras ainda serão válidas para mudar de casa em 2021.

O uso de máscaras de proteção e a higienização constante das mãos continuam, assim como uma grande higienização do ambiente antes de se mudar. Vale ressaltar que a higienização seguindo os protocolos da Organização Mundial de Saúde vai um pouco além da famosa limpeza antes de entrar em uma nova moradia. Portanto, fique atento para seguir tudo à risca.

6. Fique de olho nos gastos

Como qualquer atividade, uma mudança pode gerar uma série de custos não previstos, desde a quebra de algum item durante a retirada até mesmo uma reforma na casa antiga.

Fique de olho e planeje bem cada uma das atividades ligadas à mudança para não acabar gastando demais. Caso seja necessário pintar sua residência anterior, faça uma pesquisa de mercado e economize na compra das tintas. Não deixe para resolver os problemas perto do dia da mudança, pois pode sair caro.

Fazer mudança de casa é algo que requer planejamento. Com tudo bem organizado, temos a certeza de que a experiência de ir para uma nova casa será inesquecível. Você ficará grato pelo tempo que investiu no planejamento!

7. Confira tudo antes da mudança

Não há melhor momento para fazer uma inspeção completa de sua nova casa do que antes da mudança. Portanto, antes de arrumar os móveis e desembalar seus pertences, dê uma olhada ao redor e confira tudo. Entre outras coisas que você não pode deixar de avaliar estão:

  • tudo o que era para ser incluído no imóvel está presente no mesmo?
  • tudo está funcionando bem, incluindo tomadas, interruptores e acessórios?
  • em caso de reparos previamente solicitados e acordados, eles foram feitos?
Se você encontrar algum problema, converse com a empresa responsável pelo seu contrato. Além disso, no dia da mudança, verifique se serviços como eletricidade, gás, água, aquecimento, resfriamento, telefone e internet já estão funcionando. Nada pior do que tomar um banho gelado no primeiro dia na moradia nova por falta de comunicação.

Essas dicas fazem a diferença para facilitar o processo de mudança de casa, mas vale sempre ressaltar que o importante é que você sinta que todas as suas necessidades serão atendidas no novo lar. Outro ponto é que quando a moradia é compartilhada, seja com amigos ou familiares, todos esses processos também podem ser compartilhados e facilitados.

Gostou de nossas dicas de como mudar de casa em 2021?  Aproveite também para compartilhar esse conteúdo com outras pessoas.

Deixe uma resposta